Questions? Feedback? powered by Olark live chat software
roteiros internacionais - europa

Veneza

Outros locais pelo mundo foram nomeados “venezas”, mas nenhum se compara ao original. A ocupação de Veneza, na Itália, remonta a mais de mil anos, criando um legado histórico e cultural único. Isso é visto nos palácios, edifícios históricos e na estrutura incrível de uma cidade que se desenvolveu em pequenas ilhas e em áreas aterradas de um lago. Um passeio por seus canais, de vaporetto e nas famosas gôndolas, é a melhor forma de explorar a região e se locomover, pois carros não circulam pelas ilhas. Aventure-se!

QUANDO IR: De novembro a abril, pode haver alagamentos temporários, que não atrapalham sua viagem. De março a junho e de setembro a novembro as temperaturas são amenas. Entre janeiro e março, os preços caem.

CURIOSIDADES: Veneza foi construída sobre uma laguna e está sujeita a variações do nível das marés. Assim, no outono e no inverno, ocorrem alagamentos chamados acqua alta. Mas sem pânico: a água não costuma passar do joelho e atinge só uma parte da cidade durante algumas horas.

Piazza San Marco

Considerada o “centro” de Veneza, a praça é o mais disputado ponto turístico da cidade – chegue bem cedo para evitar grandes aglomerações. Nela, além de diversos cafés, você conhece a milenar Basílica de San Marco, o Palazzo Ducale, as centenárias torres dell’Orologio e Campanile (esta com a melhor vista panorâmica da cidade), museus e vários edifícios antigos. Cada construção tem sua importância histórica e arquitetura recheada de detalhes.

Ponte Rialto

A ponte é um dos cartões-postais de Veneza e a única que atravessa o Grand Canal no coração da cidade, interligando os bairros San Polo e San Marco. Nas proximidades dela, faz sucesso o Rialto Mercato, um tipo de mercadão a céu aberto que vende alimentos e lembrancinhas, atração interessante para conhecer a vida e comércio locais.

Grand Canal

Considerando que o meio de transporte mais usado na cidade são os barcos, podemos chamar de “avenida principal” o Grand Canal. Ele divide Veneza em duas partes e é bem mais largo que os canais que circundam suas pequenas ilhas. Um passeio de vaporetto (tipo de ônibus-barco local) é a melhor opção para conhecer a cidade de um ponto de vista interessante, fotografando sua arquitetura única. Cuidado com os horários de pico, pois nele também há congestionamento.

Cotação Online

Envie seu roteiro de viagem para a E3 turismo e receba uma cotação em no máximo 24h...

Clique aqui e monte
a sua viagem.

Se preferir pode nos ligar ou nos encontrar em um de nossos endereços para tomar um café com a gente! :)